No último artigo, falámos do impacto do novo Coronavírus nos hábitos de compra dos portugueses que, fechados em casa, viram no digital a única solução para manter uma certa normalidade em plena pandemia. E se havia quem desconfiasse do digital e das suas vantagens, agora há uma procura cada vez maior por compras e pagamentos online.

Os consumidores estão mais digitais, é uma certeza! Mas será que as empresas estão a conseguir acompanhar as novas tendências de mercado e a dar resposta às novas necessidades dos consumidores? Analisamos o comportamento dos nossos clientes nestes últimos meses e a resposta é um “Siiiiiiiiiim”, à Ronaldo!


E-COMMERCE EM DESTAQUE NAS FUNCIONALIDADES MAIS PROCURADAS

Durante o estado de emergência, a nossa linha de Serviço a Clientes registou um aumento significativo de chamadas com pedidos de atualização aos websites. Na sua maioria, os nossos clientes garantiram que toda a informação relevante sobre medidas de segurança e restrições de horário constasse, de forma clara e inequívoca, nos seus websites, privilegiando, assim, o contacto online com os seus próprios clientes.

De forma a incentivar a transição digital, em maio disponibilizamos gratuitamente a funcionalidade de e-commerce nos mais de 7500 websites dos nossos clientes, que responderam ao nosso incentivo da melhor forma: duzentas empresas ativaram o e-commerce e já começaram a dinamizar as suas vendas no mundo digital.


Para além da loja online, os nossos clientes demonstraram bastante interesse em saber como utilizar outras funcionalidades dos seus websites, nomeadamente o gestor de contactos, o email marketing, os cupões e os pedidos de orçamento, o que revela um maior envolvimento e interesse por parte dos nossos clientes em adaptar os seus negócios ao digital.


APOIO ÀS PME PORTUGUESAS NA TRANSIÇÃO DIGITAL

No passado mês de maio, e em parceria com a Altice Empresas, lançamos a Go-Online, uma solução direcionada para as PME portuguesas que permite criar um website com domínio próprio, vender os seus produtos e serviços online, bem como dar-lhes visibilidade nas redes sociais sem qualquer investimento ou risco associado.

Na campanha de lançamento, a Go-Online permitiu que fossem os empresários a criar o seu próprio website e todas as configurações necessárias para a criação do domínio personalizado, a criação da loja online e das campanhas de publicidade online, incentivando as PME a interagir diretamente com o mundo digital.

De maio até agora, mais de 350 empresas aderiram à Go-Online, ou seja, mais de 350 empresas iniciaram a sua transformação digital e deram os primeiros passos no mundo do e-commerce. Na maioria, as empresas conseguiram terminar o seu website com autonomia, não tendo sido registadas quaisquer dificuldades de utilização da plataforma independentemente da faixa etária dos utilizadores, o que revela uma maior abertura das empresas para a transição digital que, não há dúvida, já está a acontecer.



TRANFORMAÇÃO DIGITAL DE TODOS OS SETORES DE ATIVIDADE

No filme “Regresso ao Futuro II”, Marty McFly viaja no tempo até ao longínquo ano de 2015 e fica maravilhado com um mundo totalmente novo e futurista. Para muitas empresas, a transformação digital estava tão distante como esse ano de 2015 e, sem um DeLorean, seria impossível lá chegar.

Até que a pandemia chegou e obrigou todas as empresas a encontrar novas soluções para dar resposta às novas necessidades dos seus próprios clientes. E, de repente, a transformação digital já não está no futuro, mas sim no presente.

Atualmente, todas as empresas, independentemente da dimensão ou da área de atividade estão à procura de soluções que as ajudem neste processo de transição. Na análise interna realizada, conclui-se que os Serviços, a Saúde & Beleza, B2B, Retail e Viagens & Lazer são as áreas que mais nos procuram. Por atividade, são os Restaurantes, as Farmácias, as Agências Funerárias, as Clínicas Dentárias e a Contabilidade que agregam o nosso maior número de clientes e, se tivermos em conta o valor investido, são as Agências Funerárias, os Restaurantes, as Clínicas Médicas, as Clínicas Dentárias e as Farmácias as que mais investem mensalmente.

A sua empresa precisa de ajuda na transformação digital? Nós podemos ajudar, fale connosco.